3:53

As 15 perguntas mais frequentes numa entrevista de emprego

Leia as 15 perguntas e prepare as suas respostas antecipadamente com a maior honestidade possível. Poderá desta forma influenciar a seu favor a decisão do entrevistador.

1. Fale um pouco sobre si

Esta é a pergunta mais frequente numa entrevista de emprego. Comece no passado e prossiga a sua descrição até ao presente. Seja directo, dinâmico mas sucinto, mencione também os aspectos mais positivos que realizou na sua vida profissional, realce a sua vontade em estar activo e o gosto pelo cumprimento de objectivos.

2. Porque deixou o seu último emprego?

A atitude positiva nesta resposta é fundamental. Não caia no erro de apontar defeitos ou problemas graves da empresa nem tão pouco conflitos que teve com colegas ou superiores. O entrevistador pensará que dirá o mesmo no dia em que sair da empresa dele. A falta de desafios na anterior empresa é sempre um bom argumento.

3. O que faz nos seus tempos livres?

Os seus hobbies dizem muito de si e da sua forma de estar na vida. A facilidade no relacionamento interpessoal e a capacidade de gestão do tempo conseguem ser identificados nesta pergunta.

4. Considera-se capaz de trabalhar sob pressão?

O “sim” é obrigatório nesta resposta. Poderá descrever situações num emprego anterior em que tenha reagido bem à pressão e assim conseguido vários objectivos com prazos apertados. Pode concluir dizendo que apesar de reagir bem à pressão prefere planear cuidadosamente o seu trabalho.

5. Se estivesse a contratar alguém para esta posição, o que procuraria nela?

Diga sempre características que já possua e deixe de parte todas aquelas que não tem.

6. Qual o maior problema que já teve com um superior hierárquico?

É uma armadilha, o entrevistador quer ver se fala mal do seu superior. Poderá dizer que não se lembra de nenhum problema real, pois além de não ser uma pessoa problemática, quando surge algum problema preocupa-se imediata e automaticamente em resolvê-lo o mais rapidamente possível. Se cai nesta armadilha pode esquecer a oferta de emprego, pois não será para si.

7. Por que o devemos contratar em vez de a um dos restantes candidatos?

Nunca mencione que é melhor do que qualquer outro candidato, valorize-se mas seja humilde! Refira em concreto o benefício a curto prazo que poderá trazer à empresa e em que medida é que as suas capacidades e o seu perfil correspondem às necessidades daquele posto de trabalho. Se for um recém-licenciado, com pouca experiência profissional, enalteça a importância da preparação universitária no amadurecimento do carácter e no aumento do conhecimento.

8. Quais são os seus pontos fracos?

Nunca responda “não sei”. Obviamente que os tem, mas não é sua tarefa na entrevista salientá-los. Se o seu forte não é organização, conseguirá o emprego se admitir tal facto na entrevista? Refira aspectos que são considerados pontos fortes, mas atribuindo-lhe uma conotação agravada, tal como, “estar em casa e pensar frequentemente no trabalho” “perfeccionista consigo e com os outros”, “demasiado empenhado”…

9. Porque é que quer trabalhar nesta empresa?

É crucial que investigue a empresa antes de ir à entrevista. Esta é das respostas mais importantes e pode assim demonstrar que fez o “trabalho de casa”. Baseie-se na pesquisa que fez sobre a empresa, através de contacto com colaboradores e, principalmente, tudo o que encontrar em motores de busca na net e no site da empresa.

10. Que experiência tem nesta área?

Seja específico nos temas que se referem à posição em referência. Se não tiver experiência específica tente aproximar-se o mais possível, mostrando que está a par das funções e da importância daquela posição.

11. Quais os seus principais objectivos para os próximos anos?

Refira algo que pode contribuir para a empresa, como a sua total integração e a sua realização profissional.

Não faça previsões quanto a possíveis futuras promoções. Mostre ambição, mas seja realista e mencione que gostaria de ver o seu trabalho reconhecido.

Esta questão permite medir as ambições e as perspectivas do candidato e ainda avaliar a sua percepção quanto às suas próprias capacidades.

Respostas como “ganhar bem” ou “estar reformado” são totalmente proibidas.

12. Que salário pretende para esta função?

Procure afirmar que o mais importante é o projecto aliciante e a oportunidade que terá para demonstrar as suas melhores capacidades, fugindo desta forma à questão. Caso seja o seleccionado poderá sempre rejeitar o salário se não for do seu agrado.

13. Se for necessário, estará disposto a mudar de local de trabalho?

Deve ser claro e honesto. Deve recolher junto da sua própria família a sua disponibilidade para tal mudança se lhe parecer provável que o questionem sobre tal. Nunca diga que está disposto a mudar-se e depois não o queira fazer.

14. Se for contratado, está disposto a trabalhar horas extraordinárias?

Claro que sim! Quando a empresa mais precisar estará pronto para responder às exigências da situação.

15. Tem alguma pergunta?

Prepare-se bem para esta pergunta pois será a última hipótese de impressionar o entrevistador. O que sabe sobre a empresa deverá ser utilizado neste preciso momento. Questione sobre os projectos que estão a decorrer, sobre aqueles que estão prestes a começar.

Tags: , , — Empregos Manager @ 15:53

4 Comentários »

  1. 3 delas calharam-me na ultima entrevista, as outras ainda não ou então n me recordo! Concord plenamente c o q ta escrito! Tem razao

    Comentário by Kikiki — 20 de Setembro de 2010 @ 19:02

  2. “quais são os seus pontos fracos” lol muita gente deve escorregar nesta…acredito que algumas desta perguntas sejam as “da praxe”, mas depende de entrevistador para entrevistador

    Comentário by Quim — 20 de Outubro de 2010 @ 11:02

  3. Há perguntas fáceis e perguntas dificeis mas é obvio que uma entrevista normalmente não é facil! se nao formos bem preparados não podemos culpar o entrevistador nem ninguem sem sermos nos mesmos! e junto mais uma pergunta frequente (penso eu): porque que o devemos contratar?

    Comentário by Old Dragon — 24 de Outubro de 2010 @ 19:52

  4. Espectacular. Simplesmente fantastico. Tenho pena de nao ter mais divulgação mas assim somente podem beneficiar da leitura deste blog.

    Cumprimentos e continume assim.

    Comentário by Jose — 16 de Junho de 2011 @ 01:30

RSS feed para os comentários a este artigo. TrackBack URL

Deixe o seu comentário

Publicidade

Política de Privacidade