Estrutura da Carta de Candidatura Espontânea

Carta de Candidatura EspontâneaSempre de forma clara, coerente e concisa, a sua Estrutura da Carta de Candidatura Espontânea deverá apresentar as seguintes partes:

Cabeçalho – deverá incluir quer a identificação do candidato quer a da empresa a que se candidata. Sempre que possível, deverá especificar a quem se dirige, seja o Director de Recursos Humanos ou, no caso de uma empresa mais pequena ou centralizada, o Director Geral.

Introdução ou Apresentação – Apresente a razão do seu contacto, realçando o seu interesse pela empresa em geral e, em particular, pela função/tipo de trabalho a que se habilita.

Desenvolvimento – esta é parte em que deve tornar explícito de forma clara quais as competências, qualificações experiências que entende possuir e como pensa aplicá-las e desenvolvê-las da melhor forma no contexto da actividade daquela empresa.

Conclusão – Deve reforçar o interesse pelas funções a que se candidata e expressar a sua total disponibilidade para qualquer entrevista ou provas de seleção futuras, indicando a melhor forma de ser contactado.

 

 

Aproveite e veja as fantásticas Ofertas de Emprego no nosso portal de emprego e formações. Não deixe que a oportunidade se lhe escape!